Médico é preso em flagrante por abusar sexualmente de grávida durante cesariana no Rio de Janeiro - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



segunda-feira, 11 de julho de 2022

Médico é preso em flagrante por abusar sexualmente de grávida durante cesariana no Rio de Janeiro

Abominável!! Médico é preso em flagrante por estupro de grávida durante cesariana no RJ

Imagem: Redes Sociais
O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerrafoi preso e autuado nesta segunda-feira (11) em flagrante pelo crime de estupro em São João Meriti, cidade da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, ele cometeu o crime durante um parto cesárea no Hospital da Mulher em Vilar dos Teles.

Um vídeo registrado por funcionários da unidade de saúde flagra o momento em que o médico coloca o próprio pênis na boca de uma paciente enquanto ela estava dando à luz.

Ainda de acordo com a investigação, os funcionários desconfiavam do anestesista por conta da quantidade de sedativo que vinha aplicando nas grávidas.

Ele ainda participou de outras duas cirurgias no domingo (10) em salas onde não foi possível registrar imagens. Na terceira operação, no entanto, a equipe conseguiu instalar uma câmera e flagrar o crime de estupro.

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) foi procurado pelo Portal da RedeTV! e informou que abriu imediatamente um procedimento cautelar para suspensão imediata do médico, devido à gravidade do caso. Também foi instaurado processo ético-profissional que poderá resultar na cassação dele.

Em nota, a Fundação Saúde do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Saúde repudiaram  a conduta do médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra e estão à disposição da polícia, colaborando com a investigação.

"Informamos que será aberta uma sindicância interna para tomar as medidas administrativas, além de notificação ao Cremerj. A equipe do Hospital da Mulher está prestando todo apoio à vítima e à sua família. Esse comportamento, além de merecer nosso repúdio, constitui-se em crime, que deve ser punido de acordo com a legislação em vigor".

.

Texto: Redação RedeTV


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.