Violência: O estado do Pará já registrou 529 assassinatos nos primeiros três meses de 2022. - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



quarta-feira, 18 de maio de 2022

Violência: O estado do Pará já registrou 529 assassinatos nos primeiros três meses de 2022.

 Violência: O estado do Pará  já registrou 529 assassinatos nos primeiros três meses de 2022.

Foto Reprodução

O dado foi divulgado nesta quarta-feira (18) e faz parte do Monitor da Violência.

Segundo o Índice Nacional de Homicídios, uma ferramenta criada pelo g1, com base nos dados oficiais dos estados, o número indica redução dos assassinatos em relação ao mesmo período do ano passado, quando o Pará registrou 614 homicídios.

Quando comparado com a taxa de 100 mil habitantes, o Pará registrou 7 mortes no ano passado e 6 mortes por 100 mil habitantes em 2022. 

Os números do estado seguem uma tendência nacional.

Nacionalmente foram 10,2 mil assassinatos nos três primeiros meses deste ano, o que representa uma baixa de 6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Nos últimos cinco dias, já se contabilizam oito agentes de segurança pública mortos, por criminosos. Os ataques estiveram concetrados na Região Metropolitana de Belém. Sem mencionar a chacina em Altamira, que foi publicado aqui no Portal Pebão.(AQUI)

O deputado Estadual Toni Cunha (PSD), se manifestou em sua redes sociais pedindo que o governador aceite ajuda do governo federal, para o envio de tropas da Força Nacional para reforçar a segurança do estado.

"Não há mais o que esperar. Governador @helderbarbalho , peça ajuda do governo federal. É hora de união para combater o crime organizado que toma conta do Pará, matando diariamente policiais de todas as forças. As vidas de policiais importam. É preciso ação rápida mostrando que o poder público é maior. Deixe as diferenças políticas de lado e peça ajuda ao presidente @jairmessiasbolsonaro." Disse o parlamentar

Confira no vídeo!



Portal Pebão com informações g1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.