‘Se um pai bater na filha é crime?’: Menina denuncia agressões à professora e polícia é acionada. - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



domingo, 8 de maio de 2022

‘Se um pai bater na filha é crime?’: Menina denuncia agressões à professora e polícia é acionada.

Após mais uma rotineira manhã de aulas em uma escola da rede municipal de ensino em Belo Horizonte- MG, uma professora foi confrontada com um questionamento no mínimo perturbador vindo de uma das alunas. “Professora, se um pai bater na filha é crime?”, perguntou uma menina de 10 anos à docente, nessa quinta-feira (5), que balançou a cabeça em confirmação. 
Foto Reprodução

Preocupada com o bem-estar da aluna, a profissional logo comunicou o episódio à coordenação da escola, localizada no bairro Indaiá, na região da Pampulha. A Polícia Militar foi acionada e, às autoridades, a menina disse ter levado chineladas do pai nessa quarta-feira (4) por não ter passado a limpo os deveres em um caderno.

O homem, 36, ainda teria afirmado, na ocasião, que se tivesse que bater nela novamente, “teriam que chamar a polícia”. Segundo a ocorrência policial, a menina mostrou as marcas da agressão à coordenadora da instituição e pediu para que o pai não ficasse sabendo da denúncia, pois ficaria nervoso com ela.

Pai está foragido

A avó da menina, de 68 anos, contou aos policiais que estava em casa no momento da agressão, mas que não a presenciou. Ao ouvir o choro da menina, a idosa correu para o quarto e viu o pai da criança bastante nervoso e, por isso, preferiu não questionar o que houve, a fim de evitar um atrito com ele.

A Polícia Militar realizou diligência a fim de localizar o autor, mas ele se encontra foragido. A vítima foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Norte, onde passou por exames médicos. O Conselho Tutelar também foi acionado.

A Polícia Civil informou que instaurou um inquérito policial, a ser conduzido na Dopcad (Delegacia Policia Civil – Criança e Adolescente), em Belo Horizonte. “Outras informações serão repassadas em momento oportuno para não prejudicar as investigações”, explica a corporação.



Foto: Reprodução Google

Fonte: BHAZ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.