Prefeitura de Parauapebas se pronuncia depois de vídeo de sexo em hospital viralizar - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



quarta-feira, 25 de maio de 2022

Prefeitura de Parauapebas se pronuncia depois de vídeo de sexo em hospital viralizar

 Um vídeo circulou nas redes sociais de um servidor da saúde em plena "relação íntima", movimentou as redes sociais no início da noite da última segunda-feira (23), na "Capital do Minério"

Foto: Reprodução

O caso indecente aconteceu, dentro de uma das salas de atendimento do Hospital Geral de Parauapebas (HGP)

 Não foram divulgados os nomes dos envolvidos, nem o local exato onde tudo aconteceu.

No vídeo contém cenas de sexo oral. Nas imagens é possível ver a mulher pedindo para o autor do vídeo, para não ser filmada, mas, o mesmo continuou gravando, e, tudo foi parar nas redes sociais, sendo compartilhado em grupos de WhatsApp.

O artigo 218C do código penal, introduzido em 2018, estabelece que oferecer, trocar, transmitir, vender distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio - inclusive pela internet - fotografias, vídeos ou outro registro audiovisual que contenha pornografia ou nudez sem o consentimento da vítima, assim como cena ou apologia de estupro ou de estupro de vulnerável ou cena de sexo, é crime.

Como pena, a lei prevê a reclusão de um a cinco anos, se o fato não constitui crime mais grave. Caso o criminoso seja um ex-namorado(a) e a divulgação tenha fim de vingança ou humilhação, essa pena pode aumentar de um a dois terços.


O Conselho Municipal de Saúde emitiu uma nota de repúdio; confira! 

NOTA DE REPÚDIO

O Conselho Municipal de Saúde de Parauapebas manifesta profunda indignação ao ato de promiscuidade e desrespeito ao local de trabalho e aos usuários, praticados por servidores nas dependências do Hospital Municipal e que se tornou alvo de constrangimento, indignação e falta de respeito com o setor público de saúde. O Conselho repudia toda e qualquer afronta e conduta que desabone e deturpe a imagem do SUS, da Saúde de Parauapebas e que fere a integridade da equipe de servidores públicos do referido Hospital.

Assim, solicitamos urgência na apuração dos fatos e a responsabilização dos envolvidos para que esse tipo de afronta aos princípios morais e atitudes desrespeitosas contra o setor público não venha mais a ocorrer.

•Parauapebas-PA, 24 de maio de 2022.

Já a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), se manifestou através de uma nota de esclarecimento.

Leia!

Em resposta à nota emitida pelo Conselho Municipal de Saúde de Parauapebas na manhã desta terça-feira, 24, repudiando a conduta absolutamente inadequada de dois servidores públicos no exercício de suas funções, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que: 

A gestão municipal tomou conhecimento dos fatos após o referido vídeo viralizar na internet. A conduta praticada não corresponde com a postura exigida pelas normas internas da instituição, indo de encontro também às normas estabelecidas no Estatuto dos Servidores Públicos de Parauapebas. 

Diante dos fatos, a prefeitura informa que os responsáveis foram exonerados do quadro de funcionários deste município. Reitera o compromisso de não compactuar com esse tipo de comportamento e continuará zelando pelo cumprimento das normas, que são essenciais para a manutenção da ordem.


Assessoria de Comunicação

Prefeitura de Parauapebas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.