Morador de Parauapebas busca encontrar a filha desaparecida em Marabá - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



quinta-feira, 12 de maio de 2022

Morador de Parauapebas busca encontrar a filha desaparecida em Marabá

Mais um capítulo segue no acontecimento que marcou de tristeza a sociedade paraense nesta quarta-feira (11) . Após o encontro do corpo de uma mulher dentro.

de sua casa, o marido, principal suspeito de a ter matado, se jogou embaixo das rodas de uma carreta na rotatória do KM 7 na tarde de ontem. A tragédia em si já é chocante e aconteceu em Marabá no sudeste paraense.

Entretanto mais um fato agora apareceu na história, uma menina de 10 anos que está desaparecida, que até então, acreditava-se ser filha dos dois. Ela aparece junto com o casal em fotos da rede social. Entretanto, a criança era somente filha de Gleiciane Lima Rabelo Amaral, a mulher encontrada morta dentro de casa. Eliezer Almeida Amaral, de 30 anos, técnico da justiça eleitoral, era o padrasto da criança.

O verdadeiro pai da menina é Ademar Souza Mendes, que mora em Parauapebas. Ele veio nesta quinta-feira (12) para Marabá para procurar a criança. Ele prestou depoimento na Delegacia Especializada no Atendimento a Criança e Adolescente. O nome da menina é Isabela Lima Mendes.

O verdadeiro pai da menina é Ademar Souza Mendes, que mora em Parauapebas

 O verdadeiro pai da menina é Ademar Souza Mendes, que mora em Parauapebas | Reprodução

De acordo com informações do Superintendente de Polícia da 10ª Risp Carajás, delegado Vinícius Cardoso, o último contato e a última vez que a menina foi vista foi no domingo (8), Dia das Mães. Delegado informou que na segunda-feira, dia 9, Eliezer Almeida Amaral se hospedou em um hotel da cidade, sozinho, sem a criança.

Se alguém tiver informações sobre o paradeiro ou se viu a pequena Isabela Lima Mendes, pode entrar em contato com o Disque Denúncia Sudeste do Pará, pelo WhatsApp (94) 9 8198-3350 ou (94) 3312-3350



(Via Dol Carajás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.