Homem é condenado a 28 anos de prisão por mandar matar casal pioneiro de Parauapebas - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



terça-feira, 31 de maio de 2022

Homem é condenado a 28 anos de prisão por mandar matar casal pioneiro de Parauapebas

Antônio Santos foi levado para o Sistema Penitenciário do Pará, na última quinta-feira (26).

Arlindo Santos e Francisca Nascimento - Crédito: Redes sociais

O ex-candidato a vereador, Antônio Carlos Alves dos Santos (PTB), 53 anos, foi sentenciado a 28 anos de prisão, na última quinta-feira (26), sob acusação de mandar assassinar o casal casal Arlindo Setubal dos Santos, 56 anos, e Francisca Lucirene Alves do Nascimento, 65 anos, no dia 11 de agosto de agosto de 2020, na zona rural de Curionópolis, no sudeste do Pará.

O duplo homicídio foi cometido em uma chácara, localizada na Vicinal Barra do Cedro, em Curionópolis. O motivo da bárbara execução do casal, de acordo com a polícia teria sido uma questão envolvendo uma compra de gado não paga pelo suspeito, anos atrás. No entanto, Antônio Santos sempre negou a autoria do crime.

Antônio Santos chegou a ser preso, no início das investigações, porque foi encontrada uma espingarda na casa dele, mas pagou fiança, foi solto e respondia ao processo em liberdade. Na época do registro de candidatura, não havia ainda nenhum mandado de prisão contra o agricultor, embora a Polícia Civil já tivesse a certeza de que ele seria o mentor do duplo assassinato.

De acordo com a PC, as investigações avançaram e apontaram o ex-candidato como principal suspeito da morte do casal. Depois da sentença, o político foi transferido para o Sistema Penitenciário do Pará, onde cumprirá a pena imposta pelo Poder Judiciário em decorrência da sentença condenatória pelo duplo homicídio por motivação banal. Antônio Santos foi candidato a vereador em Parauapebas, em 2020, onde obteve 184 votos, porém não conseguiu se eleger. 

Sessão do júri ocorreu na Câmara Municipal de Curionópolis – Crédito: Redes sociais




(Fonte: Portal Debate)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.