Prefeito de Parauapebas terá que explicar viagem para Dubai - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



segunda-feira, 21 de março de 2022

Prefeito de Parauapebas terá que explicar viagem para Dubai

Darci Lermen recebeu 27 mil reais com justificativa para assistir ao evento 'Urban Planning Tour Expo Dubai" 

Somente em passagens, a prefeitura teve que desembolsar R$101.708 

O Ministério Público do Estado (MPE) abriu procedimento para apurar as despesas com dinheiro público, com valores acima de R$ 200 mil, realizadas pelo prefeito de Parauapebas, Darci Lermen e comitiva. O gestor municipal viajou com outros servidores até a luxuosa cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A solicitação de explicações detalhadas da viagem foi feita pelo promotor de justiça Mauro Messias. Apenas em diárias, Darci recebeu 27 mil reais com justificativa para assistir ao evento “Urban Planning Tour Expo Dubai”, que teve transmissão pela internet. A viagem do grupo de Parauapebas ocorreu entre 25 de fevereiro e 6 de março, de acordo com ofício do MPE.

Somente em passagens, a prefeitura teve que desembolsar R$101.708,00. Em diárias, foram quase R$ 90 mil, para quatro pessoas. Darci Lermen recebeu, sozinho, a maior fatia: R$ 27 mil. Os demais três secretários que participaram da viagem – Cleverland Carvalho de Araújo, Keninston de Jesus Braga e Rodrigo de Souza -– receberam mais R$ 20.558,00 cada. Portanto, apenas nos dados que constam no portal da transparência do município, os custos da comitiva até Dubai foi de quase 200 mil.  

Para se ter uma ideia do valor que poderia ser repassado em apoio à população durante a pandemia, os dez dias da comitiva em Dubai poderia ser um mês de auxílio emergencial para 533 famílias, considerando o valor de R$ 375 pago pelo Governo Federal em 2021.

Mordomia – O escândalo com os gastos de Dubai chama a atenção do Ministério Público também para o total de viagens feitas pelo gestor – e o dinheiro público gasto, sem efetiva e concreta contrapartidas. Apuração realizada pela reportagem de o Liberal identificou no site da transparência que as diárias para viagens do prefeito de Parauapebas apenas no atual mandato, iniciado em pouco mais de um ano, já somam mais de R$103 mil aos cofres do município. Sem contar os custos com passagens. Nesse período, foram cerca de 40 viagens, entre janeiro de 2021 e março deste ano.

Diária de R$ 4 mil pago com o dinheiro público.

Na pesquisa, é possível identificar vários destinos nacionais. Em 2021, os moradores de Parauapebas bancaram a viagem do prefeito para a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, onde ele participou do Festival das Cataratas, um evento de turismo, música e gastronomia. Só em diária, Darci recebeu R$ 4 mil da prefeitura. Outra viagem que chama a atenção é a visita de Lermen à cidade turística de Gramado, no Rio Grande do Sul. O valor que o prefeito recebeu em diárias foi ainda maior: R$5.600,00.

O Portal da Transparência também registra viagens curtas de um dia para Belém, na qual o prefeito dispõe de R$1.200 para se deslocar até a capital paraense e retornar a Parauapebas em menos de 24 horas. As mesmas viagens de um dia para Brasília rendem diárias de R$2.000 para o prefeito.

Somando todo o gasto da prefeitura com diárias de servidores fora da cidade desde que Lermen retornou para a gestão da prefeitura, em 2017, as despesas da gestão municipal já alcançaram mais de R$9,5 milhões - uma média de R$150 mil por mês. Em 2017, Lermen assumiu o terceiro mandato à frente da prefeitura e em 2020 foi reeleito, para um quarto mandato.


Fonte: O Liberal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.