Minério de ferro dispara na China com expectativa de reposição de estoque - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Minério de ferro dispara na China com expectativa de reposição de estoque

 Minério de ferro dispara na China com expectativa de reposição de estoque 

Bloomberg
Foto reprodução
Os futuros do minério de ferro deram um salto nesta segunda-feira (29) em meio ao otimismo com a reposição dos estoques de siderúrgicas chinesas, reforçado pelo maior apetite por risco nos mercados globais.

Os preços se recuperaram depois das perdas causadas por incertezas sobre o rumo da pandemia na sexta-feira, em linha com um rali de commodities como níquel e petróleo, liderado por apostas de que o impacto de uma nova variante do coronavírus pode não ser tão grave quanto inicialmente temido.

Os futuros de minério de ferro de referência saltaram 6,78%, para 614,50 iuanes (US$ 96,29) por tonelada. O ativo chegou a subir 8,08%, a 622 iuanes (US$ 97,47) durante o dia.

Os preços na Bolsa de Singapura chegaram a subir 9,6%, para US$ 105,50 a tonelada, e eram negociados a US$ 102,90 às 15h31 no horário local.

Os preços spot do minério de ferro com 62% de teor de ferro para entrega à China, compilados pela consultoria MMI, ficaram US$ 102,25 a tonelada, com ganhos de 2,40%, enquanto o mesmo produto foi avaliado pela Fastmarket em US$ 103,27 a tonelada, com valorização de 6,83%.

Além da ampla recuperação dos ativos de risco, o minério de ferro se beneficia dos sinais de que a pressão sobre a produção de aço da China começa a diminuir.

"A demanda por minério de ferro caiu para uma mínima de três anos no início do mês", escreveu a Mysteel em relatório. "Agora, a esperada retomada da produção de aço em dezembro altera a percepção do mercado e muda a tendência."

O grupo de pesquisa de Xangai disse que a produção de ferro-gusa pode aumentar em 37 mil toneladas por dia até o fim de dezembro, com a retomada de 16 altos-fornos antes parados e dois que estavam em manutenção. É um número relativamente pequeno, mas pode marcar um ponto de inflexão após meses de restrições à produção de aço.

O minério de ferro teve um ano volátil, com a forte demanda no primeiro semestre anulada pelo controle da China sobre as finanças do setor imobiliário, o que levou à queda na atividade de construção, e também pela iniciativa do governo para reduzir a poluição e emissões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.