Polícia prende sete pessoas acusadas de envolvimento na morte de joalheiro em Marabá - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Polícia prende sete pessoas acusadas de envolvimento na morte de joalheiro em Marabá

 Polícia prende sete pessoas acusadas de envolvimento na morte de joalheiro em Marabá

Crime ocorreu em abril e terminou com a prisão de sete pessoas. Vítima foi morta para não ter como cobrar uma dívida de quase R$ 2 milhões.

A Polícia Civil do Pará deflagrou na manhã desta quinta-feira (30) a Operação Golden, que apura os crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e subtração de bens, tendo como vítima o joalheiro Edilson Pereira de Sousa. Sete pessoas foram presas na operação, sendo três em Marabá, uma em Imperatriz e em Goiânia e duas em Foz do Iguaçu.

De acordo com a investigação, a motivação para o cometimento do crime foi para não pagar à vítima uma dívida de R$ 1,9 milhão em que uma das investigadas era devedora. Além disso, a vítima perdeu R$ 1 milhão em joias durante o crime.

Os sete presos na operação deflagrada nesta quinta. Ao centro, Maria da Paz, mentora intelectual do crime e dona da dívida. Os outros seis seriam familiares dela, incluindo filha, netos e genros

Na época, dentro do veículo que foi encontrado repleto de sangue na Vila São José, zona rural de Marabá, havia documentos pessoais de Edilson que já indicavam a morte dele e diversos cheques cuja soma era de R$ 564.140,60. O corpo da vítima foi encontrado dois dias depois nas águas do Rio Itacaiunas, confirmando as suspeitas.

O crime causou grande repercussão, acarretando uma grande comoção social, principalmente em Marabá (cidade em que o crime foi cometido), Parauapebas (onde a vítima residia) e Conceição do Araguaia, cidade de residência da família de Edilson e onde ele foi enterrado.

Por fim, os policiais civis apreenderam diversos objetos que auxiliarão na conclusão do inquérito policial. 




(Debate Carajás, com Polícia Civil do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.