Polícia Civil do Pará prende acusado de liderar assaltos a bancos e carros-fortes - Portal Pebão - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



sábado, 23 de outubro de 2021

Polícia Civil do Pará prende acusado de liderar assaltos a bancos e carros-fortes - Portal Pebão

 Polícia Civil do Pará prende acusado de liderar assaltos a bancos e carros-fortes

Agentes da Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Anti-sequestro, que investigam o assalto em Cametá, efetuaram a prisão em Açailândia, no Maranhão.


Um homem apontado pela Polícia Civil do Pará com "um dos maiores assaltantes de banco e carro-forte em atividade no Brasil em ações criminosas chamadas de 'novo cangaço' foi preso na quinta-feira (21) em Açailândia (MA). Nesta sexta-feira (22), ele foi encaminhado a uma unidade prisional no Pará.

Segundo a polícia, ele também foi o responsável pela logística de armamentos e explosivos utilizados por uma quadrilha no assalto a banco em Cametá, no nordeste paraense em dezembro do ano passado.

O suspeito, é o pernambucano Janison Resende Oliveira da Silva, ele é acusado de participar do assalto à agência bancária do Banco do Brasil em Cametá, e também de outros crimes a instituições financeiras do "novo-cangaço" em Tocantins, Maranhão, Pernambuco, Bahia e Paraíba, entre 2017 e 2020.

Ao menos 16 pessoas teriam participado do assalto em Cametá, sendo que 12 deles foram identificados e oito estão presos, segundo a polícia, incluindo a prisão de quinta, segundo o delegado geral da Polícia Civil do Pará, Walter Rezende.

"Após os depoimentos, a gente vai poder desmantelar esta quadrilha. Temos outros mandados a ser cumpridos, mas este é certamente o líder maior, responsável pela logística de armamentos", diz.

Com a prisão, a polícia cumpriu 10 mandados que estavam em aberto contra ele nos seis estados onde é suspeito de crimes. Armas e explosivos que estavam com o suspeito também foram aprendidos.

"A prisão do oitavo criminoso, líder do bando, é considerada de extrema importância para o desenrolar das investigações, que já se encaminham para o final", informou o delegado Erisson Leal, responsável pela operação para prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.