Vereador sugere convidar a Vale para apresentar medidas de contingência ao rio Parauapebas, em caso de acidentes. - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Vereador sugere convidar a Vale para apresentar medidas de contingência ao rio Parauapebas, em caso de acidentes.

Em Parauapebas, o vereador Elias da Construforte quer convidar a Mineradora Vale para apresentar medidas de contingência ao rio Parauapebas, em caso de acidentes.

Vereador sugere convidar a Vale para apresentar medidas de contingência ao rio Parauapebas, em caso de acidentes.

O empenho do poder público para garantir água potável para abastecer toda a população é urgente, ainda mais porque o planeta vivencia uma das maiores crises hídricas da história. Essa necessidade foi o que motivou o vereador Elias da Construforte (PSB) a pedir,  na última terça-feira, 24, durante a sessão ordinária legislativa, que a Mesa Diretora da Câmara Municipal convide a mineradora Vale para esclarecer quais são seus planos de proteção para o rio Parauapebas, em caso de acidentes em suas atividades, já que ele é a principal fonte de abastecimento do município. (Continue lendo depois do anúncio)

Segundo o vereador, a Vale, para viabilizar a operação da mina do Sossego, realiza a captação de água no rio Parauapebas, acima dos pontos de captação que abastecem boa parte do município. E existe a preocupação de se trabalhar para manter a saúde do rio, já que os projetos de mineração podem culminar na contaminação do recurso.  (Continue lendo depois do anúncio)

Pensando na prevenção de incidentes que possam impactar o abastecimento da população, o vereador quer saber como anda o monitoramento, os planos de contingência e de que maneira a empresa agirá em caso de acidentes.

“Acredito que a empresa trabalhe com todos os cuidados e meios disponíveis para evitar imprevistos desta natureza. Porém, o risco existe e, infelizmente, a história recente nos mostra, que apesar de todos os cuidados, eles ocorrem e os danos são gravíssimos. Como é o caso de Brumadinho, em Minas Gerais, e suas consequências são ainda maiores se não forem antecipadas e trabalhadas outras opções”, argumentou o vereador.

 (Continue lendo depois do anúncio)

Essas medidas podem evitar a experiência vivenciada pelos mineiros, quando o rompimento da barragem de rejeitos agravou e intensificou um processo de degradação ambiental que já ocorria na bacia do rio Paraopeba. Com o acidente, além de ter comprometido a qualidade e a quantidade das águas, provocou diversos outros impactos econômicos e socioambientais que impactam negativamente a vida da população até hoje.   (Continue lendo depois do anúncio)


Para Elias, a Vale, como empresa parceira do município, pode fornecer as informações necessárias e garantir maior segurança à população

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.