Morre em Parauapebas Ex-deputado e ex-prefeito, Faisal Salmen. - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



sábado, 24 de julho de 2021

Morre em Parauapebas Ex-deputado e ex-prefeito, Faisal Salmen.

O médico pioneiro de Parauapebas,  Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, de 68 anos, o 'Faisal', faleceu na noite desta sexta-feira (23), no Hospital Municipal de Parauapebas (HMP).
O médico pioneiro de Parauapebas,  Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, de 68 anos, o 'Faisal', faleceu na noite desta sexta-feira (23), no Hospital Municipal de Parauapebas (HMP).  A notícia foi a anunciada pela ex: mulher, que também foi deputada e prefeita em Parauapebas, Bel Mesquita, que foi sua esposa.  Faisal já estava em tratamento com um médico em São Paulo. Em agosto de 2019, ele passou por um procedimento cirúrgico, no Hospital do Coração, na capital paulista, aonde ficou em estado grave, mas, logo depois teve uma boa recuperação.  Desta vez, ele passou mal com problemas no estômago, aonde apresentou um sagramento e, foi levado às pressas ao Hospital Municipal, aonde não resistiu vindo a óbito.  Veja um pouco da história de Faisal Salmen contada pelo Correio de Carajás .  Faisal Salmen foi um dos responsáveis pelo movimento que culminou na emancipação de Parauapebas, em 1982, sendo eleito o primeiro prefeito da capital dos minérios. Formado em medicina em São José do Rio Preto, mudou-se para região em 1984 para atuar na área e foi um dos primeiros moradores do município quando este ainda era vila.  Como médico, atendeu a população local e tornou-se referência para trabalhadores, que vieram atraídos por empregos na mineração. Ao ver o potencial da região e a luta destas pessoas, brotou em Faisal o desejo de fazer ainda mais, enveredando para a carreira política.  Ele revela que durante mandato – de 1989 a 1992 –  o principal desafio era administrar “um município de 17.400 mil quilômetros quadrados, que ia até a fronteira de Ourilândia, abrangia Canaã dos Carajás, Água Azul…”, relata.  Conforme ele, uma das vitórias enquanto ex-prefeito foi o aumento da arrecadação municipal, através da Lei dos Royalties. “Ficamos seis meses com pouca arrecadação, ICMS baixo e o IUM (Imposto Único sobre Minerais) caía na conta do município de Marabá. Fui pra Minas, lutamos, e com prefeitos mineiros conseguimos os royalties”, relembra.  O brasão, o hino e a bandeira de Parauapebas foram criados ainda no mandato de Faisal, assim como a criação e regulamentação dos primeiros bairros, prioridades do ex-prefeito que tinha o objetivo de colocar cada morador em um lote.  Aos poucos, as ruas de terra deram lugar ao asfalto, Parauapebas se tornou o lugar para sonho e a realização de pessoas de todo o Brasil, que chegaram na cidade em busca de oportunidade. Trinta e dois anos após a criação, Faisal, revela estar “feliz e orgulhoso”, mas ainda não de forma plena.  “Penso que nossa cidade poderia ser melhor, devemos todos os segmentos da sociedade juntos, começarmos a buscar outras alternativas econômicas para nossa cidade. Não viver só da extração do minério”, defende.    Dentre as principais obras do mandato, Faisal Salmen construiu o Estádio Rosenão, estradas, pontes, centro de captação de águas, pontes, prédios públicos, igrejas, creches, escolas e postos de saúde.

A notícia foi a anunciada pela ex: mulher, que também foi deputada e prefeita em Parauapebas, Bel Mesquita.

Faisal já estava em tratamento com um médico em São Paulo. Em agosto de 2019, ele passou por um procedimento cirúrgico, no Hospital do Coração, na capital paulista, aonde ficou em estado grave, mas, logo depois teve uma boa recuperação.

Desta vez, ele passou mal com problemas no estômago, aonde apresentou uma hemorragia e, foi levado às pressas ao Hospital Municipal, aonde não resistiu vindo a óbito.

 

Veja um pouco da história de Faisal Salmen.


Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, nasceu dia 23 de fevereiro de 1953 na cidade paulista de Agudos.  Filho de Mahmoud Salmen Hussain e Rasma Fayad Salmen.

Faisal era filho de imigrantes libaneses, homem de caráter e de coragem.
 Ele foi um dos primeiros moradores de Parauapebas, quando esta ainda era uma Vila. Como médico atendeu a população local e tornou-se referência até os dias de hoje. Percebendo a dificuldade da região que desde então já crescia constantemente.  Junto com o povo ergueu a bandeira da emancipação e em 1988 todos foram às urnas votar pelo “Sim”. Parauapebas virou cidade!

Ainda em 1988 Dr. Faisal foi eleito primeiro prefeito e realizou diversas obras, desde asfaltamento de ruas à criação de escolas, praças, aumento a arrecadação municipal através da Lei dos Royalties (impostos – Vale do Rio Doce) e muito mais.

Como deputado trouxe diversos incentivos à cidade como Corpo de Bombeiros, SENAC, agências bancarias, aumento na arrecadação do ICMS, o que beneficiou mais de 100 municípios, principalmente Parauapebas.

Talvez uma das suas maiores qualidades seja o compromisso com a verdade. O Faisal não poupa palavras para defender o povo. Com sua fama de “brigão”, conquistou muito. Como vereador, suas reivindicações foram aplaudidas em pé nas audiências públicas. Lutou pela Universidade do Sul e Sudeste do Pará, indo a Brasília com os estudantes e criando emenda para Educação. Lutou pela constituição do Estado do Carajás.

MEDICINA
Fez o ensino fundamental e médio na Escola Horácio Soares em 1970, Ourinhos-SP.

Em 1975, ingressa na Faculdade Regional de Medicina de São José do Rio Preto, onde foi presidente do Diretório Acadêmico.

Faisal conclui o curso de Medicina em 4 de dezembro de 1980, especializando-se em pediatria.


O velório do Dr. Faisal será realizado na câmara de vereadores a partir das 15 hrs e o sepultamento está marcado para as 18 horas.
(1953/2021)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.