Suspeito de envolvimento na morte do pastor André Luiz é preso em Parauapebas - Portal Pebão

Destaques

Publicidade Página Inicial



terça-feira, 23 de março de 2021

Suspeito de envolvimento na morte do pastor André Luiz é preso em Parauapebas

Polícia Civil de Parauapebas confirmou ao Correio de Carajás, na tarde desta terça-feira (23), ter cumprido prisão temporária contra Jonas Pereira de Sousa, mais conhecido como “Manel”, de 44 anos, suspeito de envolvimento no assassinato do pastor André Luiz dos Santos Barbosa, de 47 anos, registrado em 16 de fevereiro.
Parauapebas

De acordo com o diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, Jonas foi preso na segunda-feira (23) e já transferido para a Cadeia Pública de Parauapebas. Não foram divulgados detalhes da prisão ou do depoimento prestado pelo suspeito, tampouco da investigação que segue em andamento.


O crime ocorreu durante a madrugada e a arma utilizada foi um caco de garrafa de vidro. O pastor André era líder da Casa de Apoio Semeando, que prestava ajuda a pessoas em situação de rua e apoiava a recuperação de usuários de droga, oferecendo, inclusive, assistência às famílias.



Após ser golpeada, a vítima ainda tentou buscar socorro caminhando por duas quadras, mas caiu na esquina das ruas Olga Prestes e 24 de Março, no Bairro da Paz. Minutos antes do crime, o pastor estava em um ponto de encontro de usuários de droga tentando convencer alguns homens a retornarem às atividades de recuperação oferecidas pela instituição.


A comunidade terapêutica foi criada pelo pastor André Luiz em 2012, depois que ele perdeu um filho por causa do uso de drogas. A Casa Semeando fica localizada na Rua Aracaju, 400, no Bairro Guanabara, por onde já passaram dezenas de dependentes químicos em quase uma década, tendo ajudando muitas pessoas a se verem livre do vício.


A instituição foi declarada de utilidade pública pela Câmara Municipal de Parauapebas em junho de 2017. Na mesma área funcionava a igreja à qual André Luiz era pastor. 


(Luciana Marschall/Correio de Carajás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.