Gasolina e diesel sobem em média 5% nas distribuidoras, no quinto aumento do ano. - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

segunda-feira, 1 de março de 2021

Gasolina e diesel sobem em média 5% nas distribuidoras, no quinto aumento do ano.

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (1º.mar) novo reajuste de preços dos combustíveis, a partir de amanhã, 2 de março. O preço médio de venda de gasolina da estatal para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,60 por litro. O preço do diesel será de R$ 2,71 por litro e o preço do GLP da Petrobras passará para R$ 39,69 por 13kg.
Foto: Reprodução

A gasolina sofrerá uma alta de R$ 0,12 nas refinarias, o que equivale a 4,7%. Já o diesel teve acréscimo de R$ 0,13, ou 5% e o gás de cozinha de R$ 1,90 por 13 kg,  no quinto aumento do ano. 

Em nota, a Petrobras informa "que os valores praticados nas refinarias são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis", ressalta.

A troca no comando da Petrobras anunciada pelo governo ocorre em 20 dias, quando acaba o mandato do atual presidente Roberto Castello Branco, que defende a atual polícia de alinhamento de preços aos do mercado internacional, que culminou em mais um aumento hoje. 

A partir de hoje (1º.mar), estão zerados o PIS e Cofins que incidem sobre o diesel e sobre o gás de cozinha. A medida vale por dois meses. Nesse prazo, a equipe econômica deverá encontrar alternativas pra barrar novas altas no preço do combustível. 

Ainda sobre o preço dos combustíveis, a partir do dia 24 de março, os postos de todo o país terão de informar a composição do valor cobrado na bomba, para que o consumidor saiba como que está organizado o preço final.

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (1º.mar) novo reajuste de preços dos combustíveis, a partir de amanhã, 2 de março. O preço médio de venda de gasolina da estatal para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,60 por litro. O preço do diesel será de R$ 2,71 por litro e o preço do GLP da Petrobras passará para R$ 39,69 por 13kg.

A gasolina sofrerá uma alta de R$ 0,12 nas refinarias, o que equivale a 4,7%. Já o diesel teve acréscimo de R$ 0,13, ou 5% e o gás de cozinha de R$ 1,90 por 13 kg,  no quinto aumento do ano. 


Em nota, a Petrobras informa "que os valores praticados nas refinarias são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis", ressalta.


A troca no comando da Petrobras anunciada pelo governo ocorre em 20 dias, quando acaba o mandato do atual presidente Roberto Castello Branco, que defende a atual polícia de alinhamento de preços aos do mercado internacional, que culminou em mais um aumento hoje. 


A partir de hoje (1º.mar), estão zerados o PIS e Cofins que incidem sobre o diesel e sobre o gás de cozinha. A medida vale por dois meses. Nesse prazo, a equipe econômica deverá encontrar alternativas pra barrar novas altas no preço do combustível. 

Ainda sobre o preço dos combustíveis, a partir do dia 24 de março, os postos de todo o país terão de informar a composição do valor cobrado na bomba, para que o consumidor saiba como que está organizado o preço final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.