Justiça não autoriza aborto de adolescente grávida do próprio pai no interior do Pará - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

sábado, 31 de outubro de 2020

Justiça não autoriza aborto de adolescente grávida do próprio pai no interior do Pará

Exames mostraram que gestação está em estágio avançado, o que inviabiliza procedimento. Família havia recorrido à Justiça após a prisão do pai da vítima.

A Justiça não autorizou que a gravidez da adolescente de 13 anos, que era abusada pelo próprio pai, fosse interrompida em Santarém, no oeste do Pará. O período gestacional está avançado, o que impossibilita a realização do procedimento.

De acordo com a 14ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, ao ser informado por meio de laudo médico, o avançado estágio da gravidez, o Ministério Público do Pará (MPPA) encaminhou medida de proteção para a vítima, para que seja devidamente assistida via rede de proteção.
A prisão

Após investigação policial, foi preso no dia 21 de setembro o pai da adolescente. A prisão aconteceu no bairro Santo André, em Santarém, mas os estupros ocorriam na Nova República.

De acordo com a Polícia, familiares da menina fizeram uma denúncia dia antes, após perceberem a barriga da vítima. Eles relataram o possível abuso que a adolescente sofria, desde então a polícia iniciou as investigações sobre o caso. A vítima passou por uma escuta especializada e relatou que o pai abusava dela desde os 10 anos de idade.

O pai convivia na mesma casa com a filha desde o nascimento. A companheira informou em depoimento à polícia que o pai teria confessado que ele teve relações com a filha e que ela estaria grávida.

Fonte: G1 – Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.