MPF fecha acordo com ANM para acessar sistema de gestão de barragens - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

domingo, 27 de setembro de 2020

MPF fecha acordo com ANM para acessar sistema de gestão de barragens

 MPF fecha acordo com ANM para acessar sistema de gestão de barragens

O Ministério Público Federal (MPF) fechou um acordo com a Agência Nacional de Mineração (ANM) para ter acesso ao Sistema Integrado de Gestão de Segurança de Barragens de Mineração (SIGBM). Após dois grandes desastres envolvendo barragens em Minas Gerais, o objetivo é viabilizar ações de segurança nas estruturas voltadas para a contenção de rejeitos de minério.


A cooperação terá duração de 60 meses, podendo ser prorrogada, e prevê a realização de atividades de fiscalização conjunta, em campo e em escritórios, por servidores técnicos e membros das duas instituições, com eventual apoio de consultores externos. Pelo acordo, o SIGBM poderá ser acessado por integrantes do MPF com perfil de auditor para pesquisa de dados para subsidiar as atividades da instituição.


A ação conjunta vai verificar o cumprimento de portarias e resoluções que tratam da segurança operacional das instalações das barragens.


Com o acordo, os integrantes do MPF poderão consultar o sistema para identificar situações de alerta que demonstrem a necessidade de análise pericial específica ou a exigência de providências imediatas. Esse acesso vai auxiliar na produção de dados adicionais ou adoção de medidas preventivas e corretivas pelas empresas responsáveis.


O secretário de Perícia, Pesquisa e Análise (Sppea) do MPF, Pablo Barreto, destaca que, "se houver a necessidade de obtenção de dados complementares - como a verificação do histórico da barragem ou conhecimento dos relatórios de inspeções regulares - o membro poderá solicitar o apoio técnico da Sppea". Segundo ele, os peritos da secretaria também passarão a ter acesso direto ao sistema, podendo consultar informações que antes precisavam ser requisitadas, o que dará mais agilidade à realização dos estudos periciais.


O acordo com a ANM prevê ainda apoio ao MPF em caso de celebração de termo de ajuste de conduta com o empreendedor minerário para a contratação de colaboradores eventuais ou peritos para realizar análises específicas e altamente especializadas.


Notícias de Mineração Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.