Fake news de internauta contra candidato a vereador vai parar na Polícia Federal em Marabá - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Fake news de internauta contra candidato a vereador vai parar na Polícia Federal em Marabá

Fake news de internauta contra candidato a vereador vai parar na Polícia Federal em Marabá.


No início da tarde de hoje (30), o candidato a vereador, Pedro Ribeiro de Souza, conhecido como “Pedro Souza”, publicou um vídeo, nas redes sociais, e passou a ser atacado por uma internauta com “notícias falsas”, acusações e crimes contra a honra do político, em Marabá, no sudeste do Pará.

O ‘print’ da publicação ofensiva chegou até ao candidato. Minutos depois, a assessoria de Pedro Souza entrou em contato com a suspeita para que ela retirasse a publicação e se retratasse, mas também foi agredido por ela. Impropérios como ‘puxa saco’ e ‘babo ovo’ foram ouvidos pelo assessor.

Tempos depois, o próprio candidato fez contato com a agressora e também ouviu ‘poucas e boas’. A suspeita se negou a fornecer o nome. Diante dos fatos, Pedro Souza se dirigiu a 21ª Seccional de Polícia Civil, foi ouvido pelo delegado Vinícius Cardoso e encaminhado para a sede da Polícia Federal, pois se trata de crime eleitoral.

Por volta de 15h30, foi registrada a Certidão de Ocorrência Nº 821/2020, de 30 de setembro de 2020, na delegacia da Polícia Federal (PF), contra a proprietária do celular nº (94) ….. 5193. O processo deverá render uma grande ‘dor de cabeça’ para a autora das fake news nos próximos meses.

Será aberto um inquérito policial, se comprovadas as agressões, a mulher poderá ser indiciada pela prática de crime de calúnia contra candidato, previsto na lei eleitoral, com punição prevista de detenção de seis meses a dois anos e multa.

Se ela for autuada na a Lei 13.834/2019 , a chamada “Lei das fake news eleitoral”, por denunciação caluniosa com finalidade eleitoral. A regra pune com 2 a 8 anos de prisão. Cuidado antes de publicar ou compartilhar fakes news contra candidatos, pois uma simples postagem poderá atrapalhar sua vida.

Fonte: Portal Debate Carajás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.