Parauapebas: Paloma admite ter matado o marido com 82 facadas, mas em legítima defesa - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Parauapebas: Paloma admite ter matado o marido com 82 facadas, mas em legítima defesa

Parauapebas: Paloma admite ter matado o marido com 82 facadas, mas em legítima defesa

Mulher se apresentou espontaneamente, foi ouvida e liberada pelo delegado, que investigará a legítima defesa
Parauapebas: Paloma admite ter matado o marido com 82 facadas, mas em legítima defesa
Paloma junto a Vanderlei, que teria tentado esganá-la, o que teria motivado o crime/ Foto: Divulgação

Paloma de Sousa Silva confessa ter assassinado seu marido com 82 facadas em legítima defesa.

Ela se apresentou na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, às 16h, da segunda-feira (24). Vanderlei Barbosa da Silva, 20 anos, foi trucidado com 82 facadas, na madrugada do domingo (23), na Rua O, no Bairro União. Paloma responderá em liberdade.

O delegado Nelson Alves Júnior disse ao Correio de Carajás, que devido a acusada ter se apresentado espontaneamente, não há motivos para prisão, no momento. Paloma justificou estar defendendo a própria vida e do filho de quatro meses, já que o marido estaria bêbado e tentou esganá-la.


Delegado Nelson Júnior ouvia a confissão e concedeu liberdade para Paloma
O delegado disse ainda que Vanderlei tem passagens na polícia por violência doméstica, e também sexual, no Ceará, estado de origem de Paloma. 

O caso seguirá sendo investigado, mais testemunhas serão ouvidas, incluindo vizinhos, para comprovar se de fato houve legitima defesa ou se trata de homicídio qualificado.

Entenda o caso

A Polícia Militar foi acionada às 3h40, e ao chegar ao endereço encontrou parentes da vítima no local. Um primo de Vanderlei relatou que Paloma o procurou durante a madrugada, na sua casa, junto com o filho, confessando ter assassinado o marido. Policiais civis e militares tiveram que arrebentar o portão e a porta da kitnet para entrarem no apartamento. O corpo estava caído, de bruços, no chão da cozinha. A faca, possivelmente usada no crime, foi encontrada em cima do vaso sanitário.






 (Theíza Cristhine e Ronaldo Modesto/Correio de Carajás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.