Micro e pequenos empresários que se sentiram enganados pelo o Banco do povo, foram até a Prefeitura de Parauapebas, cobrar explicações. - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Micro e pequenos empresários que se sentiram enganados pelo o Banco do povo, foram até a Prefeitura de Parauapebas, cobrar explicações.

Micro e pequenos empresários que se sentiram enganados pelo o Banco do povo, foram até a Prefeitura de Parauapebas, cobrar explicações. 

O governo municipal de Parauapebas anúnciou que emprestaria até 20 mil reais aos pequenos empresários, para que os mesmos pudessem enfrentar esse momento econômico atípico, causado pelo novo coronavírus. Mas, para muitos, não passou de uma enganação. Eles esperavam receber os 20 mil reais, para que cada um podesse continuar tocando  seu negócio. Sonho esse, alimentado pelo prefeito Darci José Lermen, em suas propagandas. Centenas de comerciantes foram iludidos.
A promessa era que o dinheiro iria cair na conta em até 15 dias. Inclusive os comerciantes assinaram contratos.

Nesta sexta-feira (03), pela manhã, um grupo de empreendedores esteve na Prefeitura de Parauapebas, para reinvindicar o sonhado empréstimo. Eles já esperaram por mais de 90 dias para receber o dinheiro.
O grupo foi recebido por representantes do Banco do Povo e ficou bem claro que não irão receber  20 mil reais, os que assinaram contrato nesse valor, propondo então uma redução para 6 Mil Reais.
 Segundo os microempreendedores, não houve acordo, e, ocorrerá uma manifestação em breve.

Já o secretário de desenvolvimento da prefeitura de Parauapebas, o senhor Rodrigo João Zanrosso fez o empréstimo e sua empresa recebeu através do Banco do Povo, R$ 20.000,00.
Prevalece na gestão do "governo das oportunidades" o dito popular: "farinha pouca, meu pirão primeiro".

Da redação /Portal Pebão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.