VEREADORES APROVAM CRIAÇÃO DA BANDA DE MÚSICA DA CÂMARA MUNICIPAL - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

sábado, 13 de junho de 2020

VEREADORES APROVAM CRIAÇÃO DA BANDA DE MÚSICA DA CÂMARA MUNICIPAL

Na sessão da Câmara Municipal de Parauapebas desta terça-feira (9), os vereadores aprovaram o Projeto de Lei n° 110/2019, de autoria da Mesa Diretora, que dispõe sobre a criação da Banda de Música do Poder Legislativo, formada por servidores efetivos da Casa de Leis.

A Banda da Câmara estreou na Feira Agropecuária de Parauapebas (FAP), no ano passado.
A banda será um departamento subordinado diretamente ao Instituto Legislativo da Câmara Municipal e terá como objetivos promover o desenvolvimento musical da comunidade em geral, por meio de capacitação e aprimoramento profissional de seus músicos integrantes, visando atingir todos os aspectos de sua vida profissional, educacional, emocional, social, afetivo e cultural.
O trabalho da banda será voltado para a difusão e preservação da memória da música local, além de promover entretenimento; disseminar a cultura da paz e da não violência, incentivando outras pessoas a também achar na música a sua realização; difundir e preservar a música, mediante apresentações públicas por ocasião de festividades cívicas do município; e cooperar com a divulgação e a democratização da cultura musical.
A proposição prevê que os encargos de aquisição, manutenção dos equipamentos e despesas com deslocamentos dos músicos e dos equipamentos utilizados sejam realizados pela Câmara, que também deverá providenciar a aquisição de veículo fechado tipo "van" para o transporte de equipamentos e músicos da banda para ensaios e apresentações.
As despesas decorrentes da execução desta lei correrão por conta das dotações próprias do Legislativo.
Também em 2019, a Banda da Câmara apresentou uma Cantata de Natal
Atuação
A banda poderá fazer apresentações públicas e privadas, remunerada ou gratuitas, em eventos cívicos, sociais e religiosos no município e fora dele, desde que requisitadas por meio de ofício, com antecedência mínima de 10 dias, ao presidente da Câmara Municipal.
O Instituto Legislativo deverá estabelecer, em regulamento próprio, os demais atos que digam respeito à estrutura, ao funcionamento e ao que mais houver da banda.
O grupo musical será constituído por servidores efetivos, tanto quantos dela quiserem participar, respeitados os limites de capacidade, estrutura e organização. Os atuais servidores membros estabelecerão critérios para a seleção de novos participantes.
Os ensaios ocorrerão pelo menos duas vezes por semana e os servidores integrantes da banda terão redução de cumprimento de carga horária de cinco horas semanais, em função dos ensaios e apresentações.
Aprovação
O Projeto de Lei n° 110/2019 foi aprovado por unanimidade e será enviado para sanção do prefeito Darci Lemen.



(AscomLeg)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.