MPF ajuíza ação que requer a suspensão de atividades não essenciais em Paraupebas - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

quinta-feira, 16 de abril de 2020

MPF ajuíza ação que requer a suspensão de atividades não essenciais em Paraupebas

  A ação prevê ainda o reforço do isolamento social no município e a adoção de outras medidas de prevenção.

MPF ajuíza ação que requer a suspensão de atividades não essenciais em Paraupebas


O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação que prevê a suspensão urgente e completa de todas as atividades não essenciais em Parauapebas, sudeste do Pará. O pedido foi feito à Justiça Federal no último sábado (11). Até o último boletim divulgado pela Sespa, o município tem registro de 12 casos confirmados de COVID-19 e um óbito.

De acordo com o MPF, o decreto municipal instaurado em Parauapebas delimita quais atividades são consideradas essenciais. No entanto, ainda segundo o MPF, o decreto permite o funcionamento de praticamente todas as atividades econômicas, mesmo as não essenciais.

Na ação, o MPF pediu a suspensão dos efeitos do decreto para que restrinja o funcionamento do comércio, de serviços e atividades não essenciais no município sob pena de multa.

Foi solicitado ainda ao município de Parauapebas que sejam adotadas medidas necessárias de isolamento social recomendadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde. Caso o município não adote as medidas, a multa prevista pode ultrapassar R$500 mil.

Ainda na ação ajuizada, a Justiça Federal de Marabá solicitou que o município de Parauapebas seja impedido de flexibilizar medidas de enfrentamento à pandemia da COVID-19 sem respaldo em dados de saúde pública correspondentes ao contexto atual da doença.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.