Grupo de empresários pedem a reabertura do comércio em Parauapebas - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Grupo de empresários pedem a reabertura do comércio em Parauapebas

Grupo de empresários pedem a reabertura do comércio em Parauapebas

Os empresário afirmam que, devido ao fechamento dos estabelecimentos, muitos funcionários já foram demitidos e alguns comércios correm o risco de falir.

"Somo trabalhadores reivindicando nosso direito de abrirmos nossas empresas.
Geramos mais de 30 mil empregos direto e mais de 90 mil indireto.

Entendemos a delicadeza do momento e somos partidário de parte das medidas de segurança adotadas .
Temos consciência da preocupação da autoridades locais. O que não entendemos porque só o comércio? Vale, bancos, e grandes empresas continuam a pleno 'vapor'.
Não estamos aqui falando de lucros ou mesmo crescimento, estamos aqui porque entendemos que desemprego gera fome e sabemos que esse também será um problema grave em nossa cidade, não queremos o contágio em crescimento na nossa cidade, por isso todas as medidas de segurança foram tomada.
Defendemos as famílias e sua renda !!

Sr. prefeito queremos que assuma a responsabilidade e defenda a classe empregadora da cidade.
Senhores do judiciário falta sensibilidade e entendimento da parte dos senhores da gravidade do momento.

Muito fácil condenar milhares de trabalhadores ao desemprego sem ter a profundidade da situação, temos exemplos pelo brasil a fora e cidades próximas onde o
Comércio está em em plena atividade, trabalhando com controle mantendo a empregabilidade.

No brasil a fome mata em média 15 pessoas por dia ! Cerca de 6 mil pessoas morrem de desnutrição todos os anos.

O fluxo financeiro da maioria das empresas não resistirá, com suas portas fechadas. Os impactos de tal medida são devastadoras ao nosso município e principalmente à nossa população”, disse o grupo de empresários ao Portal Pebão.

Os comerciantes afirmam ainda que se comprometem a adotar todas as medidas de segurança e higiene para evitar a propagação do vírus, bem como dispensar todos os funcionários em grupo de risco ou com sintomas da doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.