Daniel Rabelo Silva (MDB), vereador, é acusado de crime de homofobia
É o fim do mundo! A imoralidade deles deveria ficar entre quatro paredes”, declarou nas redes sociais o vereador de Curuçá, Daniel Rabelo Silva (MDB), sobre a Parada Gay realizada na região, localizada no nordeste do Pará, na tarde do último domingo (8).
A 2ª edição da Parada LGBTI de Curuçá teve como tema as “Reflexões do orgulho – 50 anos de luta” e contou com apresentação musical de artistas e drags da comunidade. O evento foi promovido com o apoio da Secretaria de Cultura do Pará (Secult).
Vereador de Curuçá, no PA, faz comentários de cunho homofóbico a respeito de parada gay na região — Foto: Reprodução
Internautas desaprovaram a publicação de Daniel Silva e consideraram de cunho homofóbico, gerando diversas denúncias e sendo tirada do ar. Em seguida, o vereador publicou um vídeo na mesma rede social. Na gravação, o vereador diz que apenas manifestou sua opinião.
“É direito meu também”, e seguiu com declarações polêmicas. “É absurdo apagarem a postagem de uma pessoa que está ali se manifestando de forma passiva. Eu tenho muitos amigos viados, mas que são viados de verdade, não são vândalos que querem ‘aparecer'”.Internautas demonstraram revolta com a declaração feita pelo vereador nos comentários do vídeo publicado em rede social.
G1/Pará