Presos são suspeitos de compor milícia rural em Marabá — Foto: Ascom/ PRF
 Polícia Federal e o Ministério Público Federal realizam na manhã desta terça-feira (17) o cumprimento de mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra um grupo que atua no sudeste do estado como arma rural rural.
Os mandados estão sendo cumpridos pela PF em Marabá, Itupiranga, São Domingos do Araguaia , São João do Araguaia e em Belém e tem o objetivo desarticular um grupo composto por fabricantes da cidade de Marabá. Um dos suspeitos é foragido pela Justiça. Cerca de 30 participantes da ação.
Os Alvos dos Pedidos de Prisão São OS fazendeiros Marcos Antônio Fachetti um eMarcos Antônio Fachetti Filho . Eles também são alvo de buscas e apreensão de dados. Os outros dois mandados de busca e apreensão são contra o fabricante Rafael Bemerguy Sefer e contra a empresa Marca Vigilância.
De acordo com a PF, o grupo de critérios contratados ou o serviço de escolta armada de uma empresa privada para expulsar moradores do local com emprego de violentos e graves ameaças. Os investigados responderam pelos crimes de invasão de terras da União, associação criminosa, constituição de milícia privada, além de crimes ambientais.
A PF está cumprindo sete mandados de busca e apreensão – Foto: Reprodução / Polícia Federal do Pará