Motociclista morre ferido por linha de cerol em Marabá - Portal Pebão

Destaques

ANUNCIE AQUI

Publicidade Página Inicial

Últimas Notícias No Facebook

sábado, 27 de julho de 2019

Motociclista morre ferido por linha de cerol em Marabá

Um Homem de apenas 30 anos de idade não resistiu o ferimento e faleceu 


Morreu na tarde deste sábado (27) o motociclista David Pereira da Silva, de 30 anos, que deu entrada no Hospital Regional após ter o pescoço ferido por uma pipa com cerol em frente ao Ginásio Poliesportivo Renato Veloso, na Folha 16, núcleo Nova Marabá.

Pai de família e funcionário do 'Quero Gelo', na Folha 21, o homem é mais uma vítima do cerol. Ouvido pela Redação do Portal Debate Carajás, o advogado Hans Robert Braga afirmou que ainda não há lei federal que objetive a coibição do cortante. “Na esfera administrativa, não há, no momento, lei federal disciplinando a matéria, mas em alguns estados há leis que proíbem a fabricação, assim como a comercialização, da mistura de cola e pó de vidro utilizada nas linhas para pipa”.


Após o acidente, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e, de imediato, uma ambulância conduziu David ao hospital, mas menos de uma hora depois veio a óbito. A esposa do homem, que preferiu não falar com a imprensa, está inconsolável.

O cerol, também chamado de cortante, é capaz de deprimir, machucar e matar. O material, que é formado da mistura de cola com pó de vidro, faz cada vez mais vítimas e escancara um desafio antigo, mas que ainda demanda a atenção especial das autoridades. À vista disso, ações de conscientização e punições rigorosas são medidas urgentes para combater as linhas cortantes.

Fonte: Debate Carajás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.